Emoções

 

 

        Diariamente, estamos sujeitos a sentir uma variedade de emoções, a partir das situações ou acontecimentos nos quais estamos inseridos, baseado no que vivemos. Isso é natural a todo e qualquer ser humano. Elas são responsáveis por grande parte dos nossos comportamentos e das nossas decisões, além disso, influenciam nosso sistema imunológico fortalecendo-o ou enfraquecendo-o e contribui para o surgimento de diversas doenças. Emoção é uma experiência subjetiva que envolve a pessoa como um todo, abrangendo sua mente e seu corpo, a motiva a agir. A palavra emoção deriva do latim emovere, de ex-movere, mover para fora. Willian James (1842-1910), psicólogo e filósofo, fala que emoção é sensação.

 

       Dessa forma, as emoções costumam nos dar dicas do que fazer e como agir. Quando por exemplo, sentimos nojo do cheiro de algum alimento, evitamos consumi-lo, pois existe o risco daquilo nos fazer mal. Quando sentimos medo de algo ou de alguma situação tendemos a percebê-la de forma ameaçadora e nos protegemos disso, prevenindo riscos, independente desse medo ser real ou fruto da nossa imaginação. Assim, nojo, medo, tristeza, raiva e alegria são exemplos das emoções que sentimos, de maneira muito espontânea.

 

       Todos têm emoções diferentes. Podemos interpretá-las como positivas ou negativas, mas isso não precisa ser considerado problemático ou prejudicial, o que torna algo prejudicial é a desproporção, se você identificar que isso acontece, então será importante cuidar disso de alguma forma. Na psicoterapia, existe esse momento de cuidado e possibilidade de olhar para essas emoções e entendê-las, evitando tanto o transbordamento das emoções quanto também seu ressecamento. Lembre-se que as emoções podem nos dar dicas de possíveis caminhos ou podem trazer um novo olhar ou uma maior compreensão daquilo que está sendo vivido.

 

       Portanto, conhecer suas emoções, aprender a identificá-las, perceber como você reage e qual a influência delas em sua vida é um caminho para o autoconhecimento, é um jeito de se compreender diante da complexidade e do dinamismo da vida humana. Isso possibilita maior aprendizagem, entendimento de si e, também, do outro, pois quando estamos mais atentos ao que sentimos, percebemos também o que os outros podem sentir. E agora, como você está se sentindo? Qual emoção se destaca dentro de você? O que ela pode te revelar?

Please reload

Ultimos Artigos
Please reload

Entre em contato pelo telefone 11 99625-6440 ou através do e-mail danielle.mrsp@gmail.com