Como está sua criança interior?



Idosos, adultos e adolescentes já foram crianças algum dia, foram dependentes e precisaram de cuidados físicos e psicológicos. Depender do outro significa se submeter, se sujeitar a vontade dele, assim quem se encontra numa situação de dependência é frágil e impotente enquanto o outro acaba assumindo o oposto disso, assumindo certa potência, decidindo o que acontecerá e como as coisas serão feitas. Então bebês e crianças passam por essa fase em que precisam do adulto para se desenvolverem.

Do ponto de vista fisiológico as pessoas se reproduzem de forma parecida aos animais mamíferos e nascem quando saem do útero materno. Já no aspecto psicológico os seres humanos nascem aos poucos, dependendo de uma série de fatores para desenvolverem-se e criarem autonomia, entre esses fatores pode-se destacar os pais ou responsáveis pelo bebê/criança e como eles lidarão com suas necessidades básicas.

As necessidades básicas fundamentam a sobrevivência física e psicológica da criança. O bebê humano nasce muito frágil, precisando ser alimentado, estimulado em vários aspectos como, por exemplo, na escuta, no tato, no olhar, quem cuida precisa se atentar a higiene, a saúde deste bebê, à sua temperatura, pontos sem os quais ele morreria. Então, nesse sentido a atenção se dá no aspecto físico, sobre o que é feito à criança.

Já a necessidade emocional básica é da criança poder contar com o outro, pois ela nasce completamente despreparada nesse aspecto, dependendo do ser humano para que isso seja desenvolvido. Dessa forma, ela só se tornará autônoma depois de alguns longos anos, baseado nos recursos internos que desenvolverá, de uma série de estimulações externas e o modo como isso é feito será imprescindível para o seu desenvolvimento.

Assim, o amor, a estima, o respeito e a confiança que a pessoa sente por si mesma estão ligados às relações estruturadoras que teve em sua infância. A partir disso, pode-se afirmar que todo adulto carrega sua criança interior, a qual pode trazer alegrias, entusiasmo, esperança, feridas, medos e marcas significativas que pode perdurar pela vida. Então, te pergunto: como está sua criança interior?

#criança #cuidados #dependência #impotente #materno #autonomia #bebê #necessidades #sobrevivência #amor #estima #respeito #confiança #feridas #medos #marcas #vida #criançainterior

Ultimos Artigos